top of page
Abstract City Lights
Baixe o seu ebook

COMO ORGANIZAR E ESCOLHER FOTOS para montar um lindo FOTOLIVRO DE VIAGEM

EBOOK ORGANIZAR FOTOS DIGITAIS.png

#4 Como escolher as hospedagens - Como planejar uma LONGA viagem gastando menos


Da série de postagens sobre Como planejar uma LONGA viagem gastando menos, já falamos sobre o passo a passo inicial #0, como escolher o destino (#1 Escolhendo o destino) , dei muitas dicas de como, onde e quando comprar passagens aéreas (#2 Comprando as passagens), e Preparar um roteiro que se encaixe no seu sonho e no seu bolso (#3 Preparando o roteiro), mas o detalhe é que para terminar o roteiro, primeiro você precisa reservar onde vai ficar hospedado.

#4 Como escolher as hospedagens

COMO ESCOLHER A HOSPEDAGEM CERTA PRA VOCÊ?

Há tempos atrás fazíamos listinhas e comparávamos preço entre os diversos hotéis que nos eram indicados ou que ouvíamos falar, agora a internet e os diversos sites agregadores nos apresentam de bandeja uma variedade impressionante de possibilidades. Fica até difícil de escolher um que realmente vá atender as nossas necessidades.

Então, vou te mostrar o passo a passo que eu faço para escolher os hotéis pra mim lá no site do Booking.com que é o maior site de reservas de hotéis do mundo. Nele você poderá reservar seu hotel com cancelamento grátis e pagar só quando chegar no hotel. Reserve seu hotel com antecedência e garanta os melhores preços. Além disso o BOOKING cobre todas as ofertas disponíveis na internet. Eu ganho uma comissão quando você reserva seu hotel através dos meus links, mas você não paga nada a mais por isso. Clientes fiéis garantem vaga no grupo Genius, o que dá um desconto de 10% na reserva de qualquer hotel.

HOSPEDAGEM: BAIXO CUSTO X MEDIA POR BENEFÍCIOS X LUXO

Antes vamos falar de três tipos distintos de hospedaria. Considerando pagar por este item a variedade de opções é gigante. Digamos que numa viagem longa, um período sabático por exemplo vale selecionar 3 tipos hotel:

- Hostel, albergues e B&B de baixo custo – Locais onde a mordomia ou o luxo não são prioridade. Alguns com quarto e banheiro individual, mas a maioria de quartos coletivos e banheiros compartilhados. Os queridinhos dos mochileiros e aventureiros que apreciam compartilhar histórias e ficar no meio de vários novos amigos. O tipo B&B é pouco divulgado no Brasil, normalmente são locais adaptados, casas ou apartamentos que você tem a comodidade de alugar um quarto e ter o direito ao café da manhã bem simples. Vale escolher esse tipo por períodos mais longos, pagando bem pouquinho.

- Hotéis e pousadas com uma média de benefícios – Escolher um quarto com banheiro privativo e ter a sua privacidade em ambiente de hotel com os benefícios da organização e logística local é o mais procurado. Por isso este tem a maior variedade. Normalmente tem um custo maior que um albergue, mas menor que um hotel de luxo e oferece variados benefícios classificados de 1 a 4 estrelas.

- Hotéis e Resorts de luxo – Quem não gostaria de muito mimo 5 estrelas? Desde banheiras de hidromassagem fantásticas, passando por piscinas particulares, com uma infraestrutura espetacular e a decoração impecável, até mordomias com SPA e brindes de ceias completas no seu quarto. Sonho de consumo! Normalmente com o valor da diária bem alto este tipo de hospedagem pode ser aproveitado não só pelos muito ricos, mas também por nós, mortais, é só saber aproveitar promoções ou ficar dois ou três dias no máximo.

PASSO A PASSO PARA ESCOLHER UM HOTEL

1 – PONTOS DE INTERESSE

Você pode abrir duas janelas no seu computador, uma com o Google maps (aqui), e outra com o site da booking.com (aqui) – Só clicar nos links

Explore o Google Maps e marque os seus pontos de interesse – Ao escrever / pesquisar no canto esquerdo superior da tela um local (endereço ou local), por exemplo: Puerto Princesa, rio subterrâneo, Filipinas (o computador completa a pesquisa com as possíveis localizações, normalmente em inglês por ser um local internacional) escolha a opção que você deseja e clique ali. Vai aparecer um ícone de marcador de local vermelho no mapa e a descrição do local com uma foto do lado esquerdo da tela. Ali você pode selecionar e salvar este local como seu interesse de visitar (na bandeirinha que ficará verde).

Pontos de interesse de viagem

Assim você pode marcar no mapa todos os pontos que você tem o interesse de visitar, claro que você precisa estar logado no google. Se você não tem uma conta do gmail, precisa criar uma. Com isso, sempre que você entrar no Google maps, e aproximar (dar zoom) em algum local que você vai viajar, você poderá visualizar todos os pontos que você marcou como salvo.

Como todos os aplicativos da google estão interligados eu já te aconselhei usar o Google Trips no celular, para descobrir e selecionar seus pontos de interesse que o próprio app indica de cada local que você vai viajar. Ao selecionar no app, automaticamente assim que você abrir o google maps, você vai visualizar o que marcou ali também.

2 – FILTROS DO BOOKING.COM

No site você inseri inicialmente o local onde quer ir, as datas de entrada e saída e quantas pessoas e quartos você deseja então é direcionado a uma página de resultados. Nesta página você pode selecionar diversos filtros para direcionar a sua pesquisa.

Eu sempre procuro locais com wifi e café da manhã. Então, do lado esquerdo da tela, rolando para baixo eu seleciono estes itens, ali você pode incluir os filtros que mais te interessam.

Depois, você pode colocar a ordem de resultado da pesquisa com o “preço mais baixo primeiro” ou “nota de avaliação e preço” veja a faixa superior acima dos resultados. Você também pode selecionar o filtro de “vizinhança”, algum ponto em que você tenha interesse de ficar bem próximo.

Daí eu vou selecionando o hotel, conforme o valor e as melhores notas de avaliação de quem já se hospedou no local. Clico no “mostrar no mapa” e verifico onde fica o hotel em uma nova janela que o site abre. Ali, ele vai te mostrar várias outras possibilidades de hotel próximos com os valores de cada um. E vou comparando no site do google maps os meus pontos de maior interesse.

Suíte do navio Costa Neo Riviera com Ellen Romanelli

3 - BOM, AÍ É QUE VOCÊ ESCOLHE A HOSPEDAGEM CERTA!

“Bisus” – Dicas da Ellen

  • A gente pode economizar no valor da hospedagem escolhendo um hotel que não fique no centro de tudo que queremos visitar. Basta verificar lá no google maps se existe transporte público (trem, ônibus ou metrô) bem pertinho do hotel selecionado. Além de ser uma rua provavelmente mais tranquila e com menos barulho.

  • Verifique o que o hotel realmente te oferece, os horários de check in e check out e o tipo de quarto que você prefere para depois não ter nenhuma surpresa e

  • Leia atentamente os comentários de quem já se hospedou por ali.

  • Reserve com uma certa antecedência o hotel / quarto que tiver cancelamento gratuito! Os lugares com melhor custo benefício costumam esgotar com meses de antecedência. Eu aconselho no mínimo 2 meses antes você fazer a reserva, e se não rolar a sua viagem ou se você encontrar outra opção melhor é só cancelar antes do prazo estipulado.

  • Os itens de alimentação influenciam não só no preço, mas, em toda a viagem. Quem quer ficar mais tempo fora do hotel para explorar o destino, é ideal usar meia pensão ou apenas café da manhã. Aos que querem curtir as áreas do hotel, a pensão completa e o all-inclusive são perfeitos pela comodidade de não ter que se preocupar com as refeições.

  • Conveniência. Vale sempre checar se o empreendimento possui estacionamento, serviços de traslado, wifi, atividades recreativas, se hospedam pets ou até mesmo um espaço onde os hóspedes possam trabalhar, caso seja necessário.

  • Verifique as taxas extras. Alguns hotéis cobram taxas que não aparecem no valor total da hospedagem. Fique ligado, cada lugar é diferente, e não seja pego de surpresa. O Booking sempre indica alguma nota sobre esse assunto, leia tudinho!

Hotel na Capadocia Walnut House

Hotel na Capadócia, Turquia - Walnut House

Compare no mapa do hotel que você selecionou no Booking, com o seu mapa do google maps os pontos de interesse que você salvou e lembre-se de que para visitar cada lugar você vai precisar se deslocar. Pense e decida se você quer se deslocar um pouco mais pra chegar aos pontos turísticos ou se você quer ficar bem pertinho e se deslocar o mínimo possível. Cada caso é um caso.

E antes de fechar, veja as opiniões do local no site TripAdvisor, fique de olho nos comentários (opinião dos viajantes) sobre o café da manhã, limpeza e wifi, localização do hotel, etc., assim você consegue ter uma ideia do que te espera.

DIMINUIR GASTOS DA VIAGEM NÃO PAGANDO A HOSPEDAGEM

TROCA DE TRABALHO POR HOSPEDAGEM – work Exchange

Uma das coisas que descobri foram as possibilidades de hospedagem em troca de trabalho. Existem alguns sites que reúnem hostels e hotéis de todo o mundo que se propõe a disponibilizar uma cama, em quarto particular ou comunitário e outros benefícios como alimentação, que pode variar entre nenhuma ou apenas 1 por dia, até as 3 refeições inclusas, e/ou fazer a sua própria comida na cozinha deles; além de descontos em passeios, drinks, festas, bicicleta, etc., e o que temos que fazer em troca pode variar bastante. Chamado de work exchange. Entre trabalhos comunitários ou serviço social, ensinando inglês, artes e esportes a crianças de comunidades carentes, passando pela jardinagem e pequenas reformas e pinturas até o atendimento da recepção, dar uma mão na cozinha, organizar festas e atender as mídias sociais do próprio hostel. O período de trabalho também pode variar de lugar pra lugar, mas sempre tem uma folga que dá pra aproveitar as maravilhas locais. E o melhor, com as dicas de quem mora por ali. Se você quiser saber mais, eu indico o worldpackers.com

Também descobri o tal do couchsurfing que é um “serviço de hospitalidade” com base na Internet, que não envolve dinheiro entre os participantes. É uma atividade em que um turista ou viajante fica alojado na casa de alguém através de contato estabelecido por um site com muitas referências pessoais de cada participante. Na tradução da palavra, couch significa sofá, e surfing é surfar. Muito usado por surfistas pelo mundo todo. Ainda não sei qual deles vou usar em todos os momentos dessa viagem, mas vou manter minha mente aberta para todas as possibilidades, verificando e minimizando os perigos que isso pode envolver.

Diário do meu período SABÁTICO

Diário do meu período SABÁTICO com Ellen Romanelli

Início de outubro de 2018

PLANOS E ORGANIZAÇÃO FALTANDO UM MÊS PARA A VIAGEM DOS MEUS SONHOS

Mais um pouquinho de desabafo dessa #40tonapelomundo em minha pré viagem para a Ásia.

Eu estou muito animada pra viajar! Meu roteiro está montado, e mesmo sem estar com tudo fechado para os 7 meses de viagem já estou ansiosa para montar a minha mala e embarcar, mas ainda falta um mês inteirinho!

Meu roteiro vai intercalar entre lugares que vou trabalhar por hospedagem (períodos mais longos) e lugares que ficarei hospedada pagando pelo hotel. Entre os hotéis pagos eu escolhi desde hostels baratinhos em Kathmandu para 14 dias por menos de 300 reais, passando por hotéis com o custo benefício bem legal, para ficar menos de uma semana, até um presente de aniversário (que vou me dar) em um resort em Bali, que achei por quase 800 reais para uma semana. Pesquisa gente, muita pesquisa!

Self planner de viagem por Ellen Romanelli

A essa altura, faltando 1 mês para a minha viagem dos sonhos eu já pesquisei muito e resolvi algumas coisas. Já tenho comprada as 2 primeiras passagens de avião, já comprei metade dos dólares que vou levar, já recebi o visto para o primeiro país (Índia), e já consegui reservar e confirmar 3 hostels que vou trabalhar e os hotéis que vou me hospedar até março de 2019. Já troquei o meu passaporte, o meu estava vencendo; já peguei o documento de habilitação internacional e tomei a vacina da febre amarela. E já paguei por 5 meses do seguro de viagem. Ufa, muita coisa já resolvida e engrenada. Já até montei um planner de viagem (agenda) com todas as informações que preciso anotadas ali. Se voce quiser uma copia do planner que montei me envia um email pedindo o seu.

Essa semana vou procurar a minha mochila ideal, depois escrevo para vocês, queridos leitores, tudo que encontrar sobre esse assunto.

Viajar sem ter tudo certinho, planejado e reservado dá um certo frio no estomago. É preciso um tanto de coragem. Mas para longas viagens, com mais de 3 meses, se cadastrar para concorrer as vagas de workexchange nos hostels que a gente precisa é preciso paciência e persistência. Normalmente, aparecem oportunidades disponíveis para os próximos 5 ou 6 meses, mas os “anfitriões” (responsáveis por te aceitar na vaga) normalmente só confirmam a sua reserva com uns 3 ou 4 meses de antecedência no site da worldpackers.com que sou cadastrada e faço as minhas buscas para isso. Então é coração na mão, entende!?

E eu estou feliz por poder deixar em aberto as coisas e lugares para ir depois de março. Vai que eu encontro dicas melhores estando em viagem. Por mais que pareça loucura, eu sempre poderei voltar se alguma coisa grave acontecer. Tenho as milhas reservadas para comprar as passagens aéreas na hora certa, com isso fico mais tranquila.

E você amigo(a), conta pra mim, já passou pela experiência de trabalhar em troca de hospedagem? Conhece um pouco mais sobre isso? Tem alguma dúvida que eu possa te ajudar? Deixe seu comentário aqui em baixo.

bottom of page